Por que ficamos tão ansiosos antes das provas ?

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

Ainda não temos na Classificação Internacional de Doenças, nos tipos de ansiedade, a chamada “ansiedade de desempenho”, mas é algo cada vez mais comum na pratica clinica diária, principalmente para quem trabalha com adolescentes e jovens.

A volta às aulas presenciais trouxe, além do desafio para alguns de retomar a convivência com os pares, a questão de reaprender a concentrar-se na sala de aula e fazer provas presenciais.

Mesmo em famílias onde a cobrança por notas não é tão expressiva, grande parte dos adolescentes tem um auto cobrança importante quanto ao desempenho.

Isso porque dois grandes pilares na formação da autoestima são: a auto aceitação e a auto eficácia.
A auto aceitação depende da aceitação no grupo, com os pares e amigos. E hoje em dia parece que ter notas altas é fundamental para se sentir pertencente e aceito! Podemos mudar a atitude e sermos mais tolerantes e empáticos uns com os outros neste aspecto, né?

A auto eficácia é formada quando percebemos que conseguimos desempenhar nossas tarefas, descobrimos nossas capacidades e talentos.

Como podemos tornar as coisas mais leves

Sendo tolerantes e confiantes conosco, buscando ajuda diante da dificuldade de aprender ou diante de notas ruins, sabendo que o processo de aprendizagem passa pela vontade e pela confiança que é possível superar uma dificuldade.

Esforçar-se também é importante! Saber que nosso esforço vai gerar resultados positivos e recompensas!

Cultivar bons hábitos de sono, alimentação, atividade física e lazer são fundamentais no desempenho intelectual…
E acima de tudo pedir ajuda quando não estamos bem ou quando não estamos conseguindo superar estas dificuldades sozinhos.

error:
Rolar para cima